Me siga por e-mail e receba as atualizações do Blog

Saturday, December 11, 2010

O Gene da Infidelidade

"Por que os homens traem tanto?" - você já deve ter feito essa pergunta a si mesma inúmeras vezes. Afinal, é natural que nós, mulheres, tentemos entender o motivo que levam os marmanjos a olhar (e desejar!) qualquer rabo de saia. Mas o sexo feminino também não pode se excluir da "cafajestagem", como muitas de nós denominamos a traição. O fato é que mulheres também traem. Por que então, independentemente de sexo, não conseguimos ser fiéis? A ciência conseguiu explicar: foi descoberto o gene da infidelidade.

Uma pesquisa feita pela Universidade do Estado de Nova York (EUA) revelou que uma entre quatro pessoas tem o gene DRD4, agora conhecido como o gene da traição. De acordo com cientistas, homens e mulheres com esta característica genética têm mais facilidade para pular a cerca e, quando traem, costumam manter casos com diferentes amantes ao invés de uma pessoa só.

O estudo, feito com 189 pessoas, mostrou que aquelas com o gene DRD4 traiam duas vezes mais do que as que não tinham o gene da infidelidade. De acordo com o coordenador do estudo, Justin Garcia, a motivação parece ter a ver com a forma com que o cérebro processa a dopamina, neurotransmissor ligado ao sistema de recompensas. Portanto, é como se, ao trair, a pessoa recebesse uma enorme descarga de prazer. "Pessoas com este gene podem se sentir felizes em um relacionamento sério, mas também podem ter uma vontade incontrolável de trair o parceiro", escreveu o cinetista na revista especializada PloS.

Segundo o pesquisador, o DRD4, no entanto, não é o único fator que abre caminho para a traição. Além disso, o gene não necessariamente aumenta as chances de infelicidade do casal, porque está ligado, também, a uma visão política mais liberal e a um espírito mais aventureiro.

Portanto, não vale usar a descoberta como desculpa para trair, viu?

TESTE: Será que você está sendo traída?


PRA QUEM NÃO VIU NA UOL....

http://itodas.uol.com.br/amor-e-sexo/o-gene-da-infidelidade-21570.html


Beijos a todos!!


3 comments:

  1. Tá. Os homens traem mais, mas via de regra é com outra fêmea. Portanto, eles não são os únicos safados.

    Abraços.

    ReplyDelete
  2. Pow Samantha, achei meio panaca esta afirmação. apesar de terem feito uso da ciência, naun acredito q foi utilizada a metodologia mais adequada ao objeto de estudo, "infidelidade". Acredito que a ciência a ser aplicada para este estudo encontra-se no campo da antropologia, onde nele, veremos, uma natureza humana moldada por um processo de evolução produtiva de bens de consumo, onde o homem (ser humano, incluindo dois sexos) tem em sua origem, de certa forma, ontologica, uma natureza poligamica, o que afronta de frente os impulsos do libido humano num contexto moderno, pós-moderno e contemporâneo. Sua evolução historica no aumento de suas capacidades produtivas demonstra-nos de forma clara e logica o porque que homem torna-se monogamico de fora para dentro e naun de dentro para fora, sacou!? ;)

    Marcelo Favoretto | ciêntista social
    abraços

    ReplyDelete
  3. É Marcelo.. no mínimo complexo!!

    ReplyDelete

Deixe seu comentário aqui!!