Me siga por e-mail e receba as atualizações do Blog

Tuesday, February 13, 2007

Resolvi colocar aqui!!

RESOLVI POSTAR ESSE E-MAIL, ISSO PROVA O QUANTO UMA BOA LEITURA PODE AJUDAR UMA PESSOA. MEU LIVRO NÃO ESTÁ NA CATEGORIA DE AUTO-AJUDA, MAS PENSO QUE DEVERIA. O NOME DO REMETENTE FOI EXCLUÍDO PARA PRESERVAR SUA IDENTIDADE.

Faz muito tempo que não tenho notícias suas senão pelo BLOG... Mas acho que vc deve estar muito feliz... Casamento tem altos e baixos. Não existe aquela família da "DORIANA" todos os dias... mas esse é um sinal de normalidade mesmo... risos. Ontem fui ao Parque da Mônica. Nunca pensei que fosse visitar aquele lugar um dia... A minha flha Mariana adorou o lugar apesar de, pra iadde dela (1 ano e 4 quase 5 meses) não há muitos brinquedos pra ela, mas os poucos que tinha satisfez. Ela brincou muito... apagou no carro e só acordou hoje de manhã pra ir pra escolinha...

Já perdi a conta de quantos livros seu eu já comprei. Dou de presente porque é barato e as pessoas gostam... Não houve alguém que tenha dito que não gostou e tenho certeza que não é por educação. Como vc "ficou regulando" (risos) uma dedicatória eu acabei dando inclusive o meu pra uma amiga que viveu algo parecido. Tô te contando isso porque ela mudou muito depois de ter lido o teu livro.. Ela estava muito desanimada (aliás ela era Comissária também, na VARIG desde a Rio Sul e saiu durante essa última crise). Nos conhecemos quanto tinhamos 11 anos e fiquei bastante chateado em ver ela desse jeito. Encontrei-me com ela semana pasada, depois dela er lido o livro e achei que fosse outra pessoa... Ela está muito mais animada. Sempre menciona alguma coisa do teu livro e já está disposta a sair e viver a vida e dar a volta por cima.

Quando eu li o seu livro, acho que até mencionei a vc, que pra mim foi interessante pra eu saber que se eu ficar louco como o seu ex-marido eu vou prejudicar demais a minha mulher e comprometer a vida de minha filha... e muito... mas não tinha visto a influencia do livro a uma pessoa que esteja pasando por algo semelhante... Minha mulher não conta, porque a gente vive muito bem. Mas fiquei impressionado e não vou te parabenizar "de novo" , porque já fiz em outras ocasiões e vc sabe o quanto eu te admiro...

Bem, escrevi pra caramba, pra te castigar por não ter dado notícias por um tempo razoalvelmente grande (risos), mas agora tenho que trabalhar.

Um grande beijo
xxxxx


É OU NÃO É PARA FICAR FELIZ???
SABER QUE VC AJUDOU AO MENOS UMA PESSOA COM A SUA EXPERIÊNCIA DE VIDA, É MUITO BOM, POR ISSO EU DIGO, A LEITURA INFLUENCIA A VIDA DO SER HUMANO.

BOA SEMANA

4 comments:

  1. Samantha, não tenha dúvidas que você ajudou muitas pessoas (inclusive eu!). Sempre leio seu blog, porque eu me sinto bem, você é um exemplo (sei que vc já ouviu isso de muitas pessoas, mas só quem passou por essas situações sabe o que estou escrevendo). Ainda dói muito a sensação de vazio que ficou na minha vida, mas olho pro meu filhinho que vai fazer 2 aninhos dia 25/02 e me lembro de trechos do seu livro e penso "sou forte e vou passar por isso de cabeça erguida, pois tbm acredito no amor e na fidelidade".
    Muito obrigada, grande beijo, Marcia maiagirardi1971@hotmail.com

    ReplyDelete
  2. Oi sam, gostaria de dizer para as pessoas e vc tb, que já sabe, rs, que seu livro me ajudou e ainda ajuda MUITO. Bjs

    ReplyDelete
  3. Samantha, por que voce nao escreve um outro livro, mais voltado para a auto-ajuda? Voce poderia contar como lidar com as emocoes negativas que ocorrem com a traicao, como lidar com a fofoca e os comentarios dos outros sobre a traicao (o que doi muito), como fazer para manter uma relacao civilizada com o ex (o que nao deve ser facil), como explicar para os filhos o que aconteceu... Enfim, contar mais sobre a sua experiencia e dar dicas. Tantas pessoas passam por esse sofrimento, mas nao existem livros que falam sobre o assunto, que dao orientacao. Voce poderia escrever sobre isso. Na verdade, eu gostaria de ver um livro falando sobre os dois tipos de traicao: a masculina e a feminina. Eu imagino que haja diferencas, mas tambem semelhancas. Fica aqui uma sugestao. Beijos, Ana

    ReplyDelete
  4. Oi Samantha, eu tambem acho que voce deveria escrever outro livro. Voce passou por essa experiencia, conseguiu dar a volta por cima, entao voce tem muita coisa para ensinar aos outros. Um assunto que eu gostaria muito de ver debatido e' a questao dos filhos em um caso de traicao e separacao. Minha mae infelizmente foi traida pelo meu pai. Ela acabou perdoando-o e continuou o casamento, em parte porque ela ainda gostava dele, em parte porque ela nao tinha condicoes de criar os filhos sozinha. Minha mae infelizmente sacrificou parte da dignidade dela e acho que no fundo ela nunca se recuperou da decepcao que passou. Mas o medo dela era que, se ela separasse do meu pai, ele iria partir para outra e iria acabar esquecendo dos filhos (isto e', eu e meus irmaos). Entao ela se sacrificou e preferiu continuar o casamento. Eu achava que minha mae exagerava sobre isso, ate' que li o seu livro. Realmente, esse tipo de coisa acontece! Tem homem que se esquece dos filhos! Eu fiquei chocada com o comportamento do seu ex-marido, de sumir e largar voce sozinha para cuidar das meninas, sendo que voce nao tinha emprego nem dinheiro para se sustentar. Como um homem pode fazer uma coisa dessas?! O mais chocante e' que antes ele era um bom pai, e de repente mudou e passou a sumir. Como pode? Mas infelizmente isso acontece. Uma amiga minha esta' passando por isso agora. O marido dela se mandou, nao vem mais ver o filho e pelo jeito nao vai ajudar a sustentar. Deixou de lado o proprio filho, que antes ele tratava bem... Eu nao consigo entender esse tipo de comportamento. Alguem devia falar sobre esse assunto, discutir, debater, para ver se os homens se conscientizam um pouco e param de fazer essas barbaridades. Samantha, se voce puder, escreva outro livro, fale sobre esse assunto. Acho que muita gente vai te agradecer.

    ReplyDelete

Deixe seu comentário aqui!!