Me siga por e-mail e receba as atualizações do Blog

Monday, October 02, 2006

Hoje....



Hoje eu acordei mais chateada, a noticia de que não haveriam sobreviventes no vôo da Gol, me abalou muito, não sei se todos são como eu, mas me pergunto nessas o quanto o amor pela aviação fica abalado em momentos como esse. Penso que se estivesse voando...... estaria com meu coração na mão. Me lembro a muitos anos atrás estava a serviço quando o comandante nos chamou e comentou sobre um acidente que ahavia acontecido alguns minutos. Me lembro da cra de horror de toda a tripuilação, a sensação de impotencia perante a notícia era grande. Não sabíamos qual aeronave, nem quantas pessoas, nem se haviam sobrevividos. A cada notícia uma sensação de alívio, era uma aeronave pequena, no máximo 5 passageiros, não havia caído em lugar com casas, mas mesmo assim ficamos passados.

Estávamos lá em cima e não podiamos fazer nada, triste saber disso, arrasador quando se está lá em cima. Imagino como estão nossos colegas de vôo da Gol, sem esperanças para rever os amigos, familiares que sofrem sem nada poder fazer.
Isso foi uma grande tragédia que abalou com certeza cada um que trabalha na avição, cada um que anda muito de avião e principalmente as famílias e amigos envolvidos. Rezo para que todos encontrem a paz e consigam retornar as suas vidas, aos profissionais que estão trabalhando, rezo para que Deus esteja ao lado deles, cada manobra, a cada check-list, minuto a minuto, impedindo o imprevisível.

Também recebi um e-mail dizendo que haviam falado de mim no Aljazeera.net, fiquei lisongeada, apesar da imagem que muitos outros países fazem de nós mulheres brasileiras. Nem sempre somos bem vindas fora daqui. Quando tive a oportunidade de conhecer a China, não fui muito bem recebida na polícia federal de Macau, motivo, eu era brasileira, apesar dos meu 17 anos de idade e apesar de inteligente, não entendi o curto prazo que deram para permanecer na ilha. Indignada fui questionar a minha tia porque eu só poderia ficar 15 dias por lá e me choquei com a resposta. Sim, o maior números de prostitutas por lá era de brasileiras. Enfim, no oriente as pessoas sãao extremamente conservadoras, vide a reportagem, aqui vai o link da reportagem: http://english.aljazeera.net/NR/exeres/5FC104A8-A20B-4B33-96D0-EA2CA15DA928.htm

Bom, no mais, resolvi algumas coisas relacionadas ao nosso programa "Os Intocáveis", sim, sucesso e novidade vem por aí!!

Beijos a todos
Samantha

No comments:

Post a Comment

Deixe seu comentário aqui!!